Publicado por: filonerd | dezembro 18, 2009

A Portabilidade dos Portateis

DS, iPhone, PSP. Quais as vantagens?

O mercado de plataformas gamísticas domesticas muda drasticamente a todo ano. As vezes não passa nem de um ano e  as plataformas já mudaram a midia dos jogos, os controles ou colocaram alguma tal trava de região. O que eu posso dizer sobre isso é que… são as maravilhas do marketing. Nos não podemos fazer nada (sair de casa com seu primo levando tochas e garfos gigantes ate a loja da Sony para reclamar sobre o lançamento do PSP-Go está fora de cogitação). Por outro lado, a frequente atualização desses consoles nos traz cada vez mais facilidade, jogos mais bonitos graficamente e portabilidade, a palavra que é relevante no post.

Não, eu não analisarei a etimografia da palavra portabilidade. Me refiro aos atuais consoles mais famosos do mercado: o DS, o PSP e o iPhone. Fato: todos eles cabem no bolso. Mas não se comparam a plataformas como o X360 e nem ao PS3. Os jogos tem gráficos, na maioria, bem medianos e alguns não assumem compromisso com o jogador. Vocês estão esperando o porem. Ai vem ele: porem!

Portateis tem assumido uma grande parte do mercado. Pegaremos o iPhone que, por exemplo, tem mais jogos lançados do que qualquer videogame. Se você der uma passada na appstore, loja onde se vendem os jogos, você achará grandes titulos como Command and Conquer, The Settlers, The Sims 3 e Fifa. Realmente é um triunfo, se você comparar com os portateis antigos, quando neguim so podia jogar Pokemon no Gameboy Color. Os tempos mudaram, as pessoas continuam jogando Pokemon, mas você tem mais alternativas. Usaremos o DS agora: recentemente foi lançado Call of Duty – Modern Warfare Mobilized para DS (não me informei se tambem está disponivel para PSP ou iPhone). Apesar de o jogo não chegar perto do original, é uma otima escolha para se jogar antes de dormir ou no ponto de onibus (se você não morar em RJ)

PSP. Esses sim é um portatil hardcore. Com grande potencial grafico e com jogos que chegam a pesar 4 GB, o PSP é a melhor escolha entre os concorrentes. Não posso falar muito dele (porque não da pra ter os três ao mesmo tempo >:D). Mas já joguei e tive boas experiencias, especialmente em relação aos graficos.

E você, jovem, tem algum portatil? O que acha da ideia, prefere o iPhone ao Playstation 3 como o @izzynobre? Vai ate a E3 protestar contra o lançamento do DSi LL?Compartilhe sua cultura vagabundo!

*Desculpem os links em ingles, e so preguiça mesmo :)

Anúncios

Responses

  1. Hehe eu tenho um Dingoo, achei um ótimo post.
    Na verdade não sei se existe melhor, ou pior, depende da sua nescessidade.

    flw

  2. Sinceramente acho que os portáteis deram um pulo gigantesco da geração passada deles pra atual (PSP, DS). Os gráficos não se comparam com os consoles de mesa atual, é claro, mas não acredito mesmo que esse seja o objetivo. Seria meio idiota ficar fora de casa admirando a paisagem de uma telinha, não concorda?
    Acho que no caso de portáteis, o mais importante é ser um jogo que: te introduza pra dentro da história, e pra isso é necessário uma BOA HISTÓRIA, e não um bom GRÁFICO, além de jogabilidade bem planejada, ou passar o tempo. Tipo Space Invaders pro DS. Um excelente jogo para passar o tempo, bem feito, divertido, bons níveis de dificuldade, gráficos bem planejados pro tipo e jogabilidade muito acessível. Descomplicado, rápido e desafiador.

    Sou muito mais favorável ao DS, que não é um videogame portátil, não é uma miniatura do GC, por exemplo, como o PSP é do PS2, e sim é um VIDEOGAME A PARTE. Tem suas características únicas, seus jogos únicos, que ficam bons somente nele. O PSP nada mais é que uma versão de bolso do PS2 – humilha o DS nos gráficos, claro…mas na boa, sair de casa pra jogar PS2? Sinceramente.

    Então é isso, acho que o problema dos portáteis é quando eles querem ser só uma versão reduzida do console de mesa. Eles não deveríam buscar isso, mas sim ter personalidade, ter motivo pra você jogá-lo até mesmo em casa. O DS já me fez deitar na cama e jogar, e não falo da versão do CoD, jogue os jogos FEITOS PRO DS mesmo, PENSADOS pro DS. Tipo Phoenix Wright, New Super Mario Bros, Mario Kart DS, GTA Chinatown Wars, Myght and Magic: Clash of Heroes, Hotel Dusk, Trauma Center, Cooking Mama (juro), e por aí vai. São bons jogos, e únicos. O Trauma Center pro Wii, por exemplo, ficou uma bosta. Por que? Porque ele é um jogo perfeito PRO DS, e ponto final.

    Bom, essa é a minha opinião :P

    • Concordo com você na questão de que o DS pode ser reconhecido como uma plataforma individual, mas o que me agrada no PSP é grande quantidade de coisas que se pode fazer nele. Emuladores, música em qualquer formato, video com aquela tela escrotamente linda. Para fazer isso no DS, você teria de COMPRAR um flashcard, comprar um SD, baixar conversores de video etecetera, etecetera… Pois portabilidade devia ser sinonimo de “tudo-em-um”. O iPhone e o PSP alcançam isso, mas o DS não. Por isso me lembra o Wii. Só jogar os jogos FEITOS para Wi, entende? Quanto aos jogos que você falou, darei uma olhada no Myght and Magic: Clash of Heroes, o unico que ainda não joguei :)

      • ah sim, o DS é bom SÓ PRA JOGAR, nisso é verdade. Quanto ao resto TODO, que não seja JOGAR, ele é uma merda. No fundo no fundo, o mesmo princípio do Wii, que só é bom MESMO pra jogar videogame, pro resto é muito fraco ou nem tem suporte

  3. Eu tenho um DS e que praticamente fica guardo dentro da gaveta.
    Ultimamente, nem tenho saido de casa , então eu nem jogo no DS e sim nos consoles que eu tenho.
    Sim eu concordo com vocês só serve para jogar.

    • Mas porra, DS tem jogos escrotos. Eu tenho jogado mais DS do que usado o PC, o Wii ou meu touch. Quer uma dica? Phoenix Wright: Ace Attorney :)

  4. PSP go não vale a pena. Eu acho.

    • PSP go é fodasticamente inutil. Ainda mais pra quem acumulou trocentas UMDs pra jogar fora.

  5. Pra mim a grande vantagem dos portáteis é trazer de volta à tona estilos que, se depender dos consoles de mesa, podem deixar de existir. Point & clicks, arcades, plataforma, rpgs clássicos… Jogos teoricamente mais simples e que não tem sentido em serem lançados para consoles poderosos.

    Mas infelizmente o que se vê, principalmente no DS, é o domínio dos malditos casuais. po, um jogo pode ser casual, como é Patapon, sem ser um caça-níquel.

    • Mas tem algumas pessoas que levam esses joguinhos casuais mais a serio, desconsiderando alguns fatores considerados hardcore. Peegle por exemplo, tem gente que realmente é viciada. Mesmo assim o DS tem jogos como Ninja Gaiden. Graficos, dificuldade alta, historia.

  6. É, nem acho que o DS sofre problema com jogo casual pq tem MUITO jogo bom sempre sendo lançado, ao mesmo tempo dos casuais. Ele não sofre como o Wii volta-e-meia retorna a sofrer, de só ter lançamentozinhos casuais.

    • Mas o foda do Wii é… ONDE ESTÂO OS JOGOS DAS REVISTAS? Fui na Fnac e tinha so jogo de filme :(


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: