Publicado por: filonerd | fevereiro 2, 2010

Dominação – Parte 2

Lisa corria. Nunca lamentou tanto por ter asma. Uivou, tirou a pistola do bolso interno de seu sobretudo e atirou na testa da mulher que a perseguia.

– Seis. Que merda…

Agora só tinha uma bala.

***

Ângelo chegou em casa ainda estupefato por ainda estar a sentir o mesmo estranho torpor que o atingiu quando viu a garota em sua sala durante a prova.

– Ângelo, meu querido, é você?

– Eh… Sim… – ele falou fraco.

Andou até seu quarto e caiu na cama.

Quando acordou, Ângelo se sentia estranho. Pensava devagar demais. Chegou à cozinha e encontrou um bilhete de sua tia: “Querido Ângelo, fiz bolo de carne para você, está no forno.“

Olhou para o relógio. 2 horas da manhã. Comeu um pedaço do bolo, colocou seu casaco e saiu pela porta dos fundos. Longe de casa, entrou num beco e andou alguns metros até chegar no bar. Foi até o balcão fitou a garçonete: “O coelho já está na toca?”. Ele o encarou com medo e sussurrou: “Sim. Venha comigo.” Ele foi atrás dela e desceu as escadas onde ela parou. “Me entregue a chave” Ela disse. Ângelo pegou em seu bolso um objeto parecido com uma caneta e entregou à mulher, que observou com repugnância a mão queimada do estranho homem.

***

Enquanto terminava a prova, ficava cada vez mais tensa com o garoto que a fitava. Começava a cogitar se ele era um Dominador. Estava com a sensação já comum de leveza e devaneando. O professor começou a recolher os cartões de resposta. Ela estava rígida em sua carteira. Recusava-se a aceitar que estava tremendo. O professor anunciou que eles estavam dispensados. Ela correu desesperadamente para o estacionamento, deu a partida em seu Chevette 87, uns dos únicos privilégios a qual ela se entregava, e foi buscar a irmã. Precisava pensar rápido.

***

– Eu não aceito menos que esse valor! – Ângelo disse rispidamente.

– Fique sabendo que não estou disposto a pagar tanto por tão pouco.

– Pegou o saco de LSD, e se levantou. Apontou o dedo para o traficante:

-Você irá pagar!. Assim, saiu do recinto.

***

Monique suava enquanto dirigia. Apaixonara-se por um dominador.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: